Páginas

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

O que é a "segunda chance"?

Por A Demetida

Oi oi oi a todos.

Abrindo um parênteses. 

No meu último post sobre o dilema do prisioneiro, questionei que tipo de atitude você teria se participasse do programa. Se vocês prestaram bastante atenção ao primeiro episódio, então puderam notar muito bem que participantes têm diferentes atitudes quanto a cooperação. Por exemplo, dentro das moças, tivemos Melina e Renata com uma atitude claramente de "confessa" (ou como o Walter Longo chama em sua entrevista no portal R7 "fazer a diferença"), enquanto Karina e Danielly foram muito mais na linha do "não fala nada" (na entrevista, Walter Longo chama isso de "se esconder no grupo"). Vai ser muito interessante acompanhar o progresso dos participantes na temporada. Quem será que vai fazer a grande diferença e jogar o dilema do prisioneiro  de uma forma diferente da grande maioria?

Vamos ao assunto de hoje

Bom, vamos lá. Como diria a Karina: "Então." Ontem postamos nossa opinião no melhor estilo Leão Lobo por aqui. Três estrelinhas para o primeiro episódio. O Jadre já comentou muito bem sobre o papel do líder na primeira tarefa e deu uma demonstração incrível de conhecimento. Eu mesma que já participei de O Aprendiz e que sou fãzaça não conseguia me lembrar de tanta coisa. 

Vou retomar meu foco nos três participantes em quem me pediram para eu manter os olhos: Karine, Nakao e Braga. Mas antes, vamos à introdução ao assunto.

Retornante porque foi demitido erroneamente (injustiçado) ou porque merece uma segunda chance?

Pois é, em primeiro lugar, temos que analisar se o participante está retornando porque de fato foi tremendamente injustiçado em sua primeira participação ou porque simplesmente rodou por algum motivo (leia-se tinha gente melhor na disputa).

Acho que ninguém aqui irá discordar que a Renata e o Lucas foram muito injustiçados e suas demissões causaram revolta nos fãs de O Aprendiz. Até hoje eu não consigo digerir a demissão do Lucas. No caso da final em que a Renata "perdeu", me poupem né? Vamos apagar este acontecimento da história de O Aprendiz. 

Já, por outro lado, há gente como o Evandro, Mariana, Gasparian e é claro o Solano que tinham que sair mesmo. O Solano durou e muito, diga-se de passagem. Vejam bem, eu gosto demais do Evandro. Porém, ele demonstrou uma certa incompetência para lidar com pessoas e acredito que tenha sido demitido merecidamente. Este é um que merece uma segunda chance para provar para todos nós que corrigiu este "defeito".

Vamos lá: o que dizer da Karine, Nakao e Braga?

Karine

Muito bem, já comentei isso aqui antes. Desde que o processo de seleção começou, há uns seis meses atrás, é dado como certo que a Karine é a favorita do Justus para levar esta temporada. O problema da Karine é esse sentimento que ela tem de "merecimento". Ela é uma pessoa extremamente inteligente e competente e não há a menor dúvida de que qualquer empresa se daria bem contratando-a. Porém, ela está muito com esta atitude de "já é meu", até mais ainda do que quando participou da terceira temporada, há 7 anos atrás. Quem aí não se lembra da forma como ela saiu, tendo perdido pro Ancelmo e prá Bia nas entrevistas.

Esse tipo de atitude ficou muito claro no primeiro episódio desta nova temporada. A Karine não mudou nada. Está muito segura de si e isso pode lhe causar problemas. Mas ainda acho que a predileção dela pelo Justus não vai interferir muito e ainda aposto minhas fichas nela.

KARINE: MERECE UMA SEGUNDA CHANCE PORQUE NA SUA TEMPORADA TINHA GENTE MELHOR

Nakao

A coisa com o Nakao já é bem diferente. Tudo bem, o cara é competente, inteligente e tem uma atitude de soldadinho. Ele é literalmente nosso samurai corporativo (não consigo deixar de rir quando penso que é como seu auto-intitula). Se o chefe mandar decepar a cabeça do inimigo, ele vai lá com seu Katana, Nodachi ou Odachi sem piedade. Mas para por aí. O Nakao nunca entendeu que O Aprendiz não é uma seleção de emprego, mas sim um programa de TV. E ele não tem os atributos que qualificam um vencedor de um reality como este.

Como comentei aqui em meu primeiro post, o Nakao veio para tapar buraco e é um dos participantes que estão ali para fazer número (assim como a Maura, demitida no primeiro episódio, e os próximos demitidos que vêm por aí em breve).

Apenas para relembrar que sua demissão na terceira temporada já era algo de se esperar. Ir contra o Ancelmo para a parte final da sala de reuniões foi até covardia. O Ancelmo é um cara super arrojado. E dado que é advogado, tem uma lábia de fazer inveja até ao Henrique Sucasas. Seu poder de argumentação é irrepreensível.

NAKAO: "MEIO QUE MERECE" UMA SEGUNDA CHANCE PORQUE NA SUA TEMPORADA TINHA GENTE MELHOR

Carlos Braga

Este sim é, sem sombra de dúvidas, a grande incógnita desta temporada. Ninguém, até mesmo na Produção, duvida de sua capacidade. Além disso, o Braga tem os atributos que o qualificam como um candidato a vencer um reality show como O Aprendiz. Portanto, logo de saída, ele é uma grande aposta.

O grande problema, todo mundo que me lê neste momento sabe, foi sua curta duração na quarta temporada. É muito importante para todos nós, incluindo é claro a Produção, o Justus e seus conselheiros, poderem avaliar a postura do candidato em uma sala de reunião. O Braga apenas participou por duas vezes da segunda parte da sala de reunião, tendo sido sua segunda vez aquela bagunça toda - quando o Justus mandou trazer mais participantes do que o Braga tinha indicado.

Quero deixar claro: o fato é que o ele foi demitido na hora errada. Naquela altura, todo mundo já sabia que o Fábio iria pular do barco por conta do nascimento de sua filha. Até mesmo os participantes sabiam disso e trouxeram isso à tona por algumas vezes nas salas de reunião - incluindo a sala da demissão do Braga! Portanto, foi e ainda é muito difícil engolir sua saída.

Ou seja, o Braga MERECE ficar por mais tempo do que em sua primeira participação, até mesmo para que o Roberto Justus possa avaliá-lo melhor desta vez. Definitivamente, dentre todos os participantes (excluídos o Lucas e a Renata, é claro), ele é o que mais merece uma segunda chance.

BRAGA: MERECE UMA SEGUNDA CHANCE PORQUE SUA DEMISSÃO OCORREU NA HORA ERRADA (INJUSTIÇADO)

E você, o que acha? Como você classificaria os participantes desta temporada? Estão aí porque merecem uma segunda chance para mostrarem que evoluíram ou porque foram tremendamente injustiçados?

4 comentários:

Anônimo disse...

Olá, A Demetida,

Eu sei que você sabe muita coisa de bastidores, mas particularmente, eu não vejo esse favoritismo todo na Karine. Esse programa "O Aprendiz" é muito interessante, mas penso que a sorte também conta e muito.

De volta a Karine, eu nunca gostei e não gosto nada dessa atitude exagerada de "seguro de si", mas sei que é uma ótima participante. Caso a Karine faça por merecimento, tudo bem, mas sinceramente eu não acredito que ela vai ganhar.

Por fim, eu fiquei curioso: Quais são os atributos que faltam ao Nakão para o programa?


Anônimo disse...

Com relação ao Solano, ele têm suas qualidades e gosto dele, mas concordo: Ele chegou muito longe na outra edição e acredito que vai rodar logo no retorno.

Eu também acredito que a Dani Zanotti e a Karina cairão logo também. No caso da Karina, ela foi muito bem na edição que participou, mas acredito que ela não vai se destacar nesse porque o nível é muito bom. Já a Dani teve uma boa participação no pior Aprendiz da história, mas nesse ela é uma mera figurante (é o que eu acredito).

Anônimo disse...

A derrota da Renata para a Janaína foi uma das coisas mais bizarras da história do "O Aprendiz". Com todo respeito a vencedora, a vice merecia e muito essa vitória porque foi umas das poucas que deram algum brilho ao último programa apresentado pelo Dória e fez uma ótima participação, mas infelizmente, o apresentador não levou isso em conta e deu a vitória para a a Janaína.

DeMetida Aprendiz disse...

Olá primeiro anônimo, obrigada pela pergunta.

Já disse e repito que admiro muito o Nakao. Porém, falta a ele a habilidade de "quebrar as regras" e ser um pouco mais flexível. O Nakao é muito "certinho". O Roberto Justus não procura apenas um bom planejador/executor/líder, como é o caso do Nakao.